Crítica: Annabelle: de volta para casa (Annabelle comes home)

The story so far: Lorraine and Ed Warren finally secure Annabelle in a safe location where she is no longer a problem. But while dealing with some obscure case, away from home;their daughther Judy, her babysitter Mary Ellen and Daniele, a trouble maker, accidentaly set in motin a series of actions that can result in their deaths.

Sinopse

Lorraine e Ed Warren finalmente se asseguram que Annabelle, a boneca amaldiçoada, nunca mais causará problemas. Contudo, enquanto os Warren saem para resolver mais um caso, Judy, a filha deles, a babá Mary Ellen e Daniele uma amiga encrenqueira, colocam em ação uma série de acontecimentos que poderá resultar na morte de todas.

MV5BNTk0ZDI5NGEtNzFmZS00OWYxLTkxNjMtNGQyMTBkZGE0M2YzXkEyXkFqcGdeQXVyODcxMjY1MTQ@._V1_
Mary Ellen (Madison Iseman), Daniela (Katie Sarife) and Judy Warren (Mckenna Grace) facing more demons they can handle.

Crítica

Annabelle: de volta para casa é um filme derivado (spin off) da franquia Invocação do Mal (The Conjuring) e que, juntamente com A Freira, forma uma das mais reconhecidas franquias de terror nos últimos anos; isso é ao mesmo tempo preocupante e positivo.

Preocupante porque, os filmes do universo Invocação do Mal, apesar do sucesso e reconhecimento do público, são, em sua maioria, filmes fracos, com roteiros simplistas, com personagens cujas ações são inconsequentes e que os aspectos cômicos funcionam e são bem mais eficientes.

Positivo pois, apesar de serem filmes de suspense que, tem bons momentos de tensão (e não necessariamente de terror) ajudam a divulgar um gênero muitas vezes desqualificado e subestimado.

Posto este dilema, o que podemos esperar do terceiro filme da franquia Annabelle? A resposta curta é: o filme ira agradar a todos que cresceram com a franquia que começou em 2014.

Uma resposta mais complexa requer considerar que o filme falha como terror, acerta como suspense e agrada em seus momentos cômicos. Tecnicamente é um bom filme mas é possível ver um desgaste no roteiro e a sensação de que tudo o que acontece é somente uma repetição.

MV5BYjUxMTc0YTktNGE5NS00NzI1LTkzM2YtZjdjMmYzOGIyZDkzXkEyXkFqcGdeQXVyNjQ4ODE4MzQ@._V1_SX1777_CR0,0,1777,699_AL_
Do not enter!

O universo compartilhado da série Invocação do mal tem um grande nome na direção. James Wan (https://www.instagram.com/creepypuppet/) foi responsável por solidificar a franquia quando se tornou o diretor que iniciou tudo. Por ele passou o roteiro e a produção dos demais filmes, fazendo de Wan um elemento chave para o sucesso destes filmes. Em Annabelle 3, Wan trabalhou tangencialmente, dando suporte a direção e no roteiro.

O diretor Gary Dauberman é um novato na posição mas trabalha com Wan na produção e roteiro dos filmes da franquia desde o início. Claramente Dauberman tinha uma tarefa clara: repetir neste filme a mesma estética e cadência dos filmes anteriores -sustos, explicações, construção de personagens e final feliz- e ter determinados parâmetros previamente estipulados restringe o trabalho de qualquer diretor.

No quesito direção Annabelle 3 é uma cópia dos demais filmes, um trabalho sem personalidade mas que atinge os objetivos do filme o que rende bons sustes mas a sensação de estarmos vendo um capítulo mais elaborado de Scooby Doo.

O roteiro não foge ao que foi estabelecido pela franquia em 2014. Não existe nenhuma novidade para ser explorada já que todas as explicações sobre a boneca amaldiçoada aconteceram nos dois primeiros filmes da série. O resultado atinge o objetivo do filme mas o faz de forma arrastada.

O filme tem uma narrativa linear que ajuda a costurar os acontecimentos. O filme altera momentos de comédia e o esperado suspense. A opção por mesclar estes dois ritmos faz parte da estratégia de permitir que a tensão se dissipe para então ser rapidamente retomada, pegando a todos de surpresa.

Tecnicamente o filme tem bons efeitos especiais, a ambientação, o figurino e os demais elementos de caracterização do filme são geniais, dando de fato a sensação de uma produção da década de 70 sem com isso forçar a barra.

MV5BZTU2NWViMDctZTk5Mi00YWU3LTk2OTMtNWJlODk3OWRiN2Q4XkEyXkFqcGdeQXVyNjQ4ODE4MzQ@._V1_
Mary Ellen, Daniela and Judy learning about the Warren’s life work.

Vera Farmiga (@VeraFarmiga ) e Patrick Wilson (@patrickwilson73 ) voltam a interpretar Lorraine e Ed Warren de forma protocolar e o fazem por demanda do roteiro que deixa o protagonismo para o trio de jovens encabeçadas por Mckenna Grace (https://www.instagram.com/mckennagraceful/) que consegue espaço atuando de forma segura.

Madison Iseman (https://www.instagram.com/madisoniseman/) e Katie Sarife (@katiesarife ) por motivos diferentes. Iseman se torna a personagem principal por organizar a trama mesmo quando essa é chefiada pela personagem de Sarife que é responsável por, de forma exagerada, iniciar todos os eventos do filme.

 

 

Soundtrack: scary noises.

Veredito.

MV5BYzJkNmI1ZjUtYjBlNi00ODdlLWFmNzItYTg1ZmQ2MzI3ZGMwXkEyXkFqcGdeQXVyMTU5MjAyODQ@._V1_SY1000_SX1000_AL_

Let’s be blunt, Annabelle Comes Home repeats itself, there is nothing new here. But is that’s ok to you the movie will check on most topic: it is scary at some point, you will gasp from time to time and it is funny more often than it is necessary

If you like terror movies you will enjoy it.

Annabelle: Volta para casa é um filme que se repete. Você não terá nenhuma cena nova ao contrário, verá um ambiente de facil reconhecimento; no fundo, Annabelle é somente a repetição de uma boa ideia ate sua exaustão. Mas se o universo dos filmes da série Invocação do Mal te agradam este filme ira te dar bons sustos em alguns poucos momentos.

Merece/Scores 2,5 Annabelle’s

tenor tenor tenor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s