Crítica: Podres de Rico (CRazy Rich Asians)

The story so far: Rachel and Nick are in love. They have been dating for a year and now, Nick feels it is the right time to introduce Rachel to his family, his very very very rich and traditional family. Of course they need to work minor corks like telling each other about how one family is all about values and tradition and the other is a liberal asian-american family with few links to China.

Sinopse

Rachel e Nick namoram a um ano e estão prontos para viajar juntos como um casal. A ocasião é propicia pois o melhor amigo de Nick vai casar e ambos podem estar juntos. Nick aproveitaria a ocasião para apresentar Rachel a família dele.

Nada poderia dar errado….so que Nick nunca disse que a familia dele é podre de rica e super tradicional enquanto Rachel vem de uma familia pobre e bem liberal.

Crítica.

MV5BMzE3MzA3NjU4MV5BMl5BanBnXkFtZTgwNTM3NTcwNjM@._V1_SX1500_CR0,0,1500,999_AL_

Jon M. Chu, é um experiente diretor sino-americano, com boa experiência em filmes de ação, video clips e comédias românticas, o que permitiu que acumulasse uma visão unica de cinema. 

Apesar das limitações impostas pelo gênero (comédia romântica) Chu, teve bastante liberdade para criar situações inusitadas e mesclar um visual e uma linguagem ágeis, algo incomum para este tipo de filme.

Suas experiências anteriores contribuíram para preparar um filme multifacetado, que mesmo agindo como propaganda para a China, o valor artístico fica evidente. O maior mérito do filme é justamente mostrar uma Asia multicultural, com uma população diversificada, uma economia vibrante, valores ocidentais e tradições.

Apesar do filme ser um pouco longo, de se tornar repetitivo próximo ao final, das longas tomadas externas que servem -aparentemente- para mostrar como Xangai é um ambiente propicio a negócios e uma cidade moderna estes excessos são integrados ao filme. Mas o resultado final é artificial, com cenas desnecessárias e cansativas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O roteiro foi escrito por Peter Chiarelli, que ja trabalhou com Chu, e Adele Lim; ambos com experiência com adaptações -já que o filme tem origem em um livro homônimo e bem interessante. 

Apesar do filme contar com uma equipe experiente em adaptações o roteiro, a maior falha do filme, o que fica claro logo nos primeiros minutos. A história esta longe de ser inédita, é uma releitura clássica de amantes cujas famílias e diferenças sociais impedem a união do casal, ate que um inimigo comum, neste caso a infelicidade, se faça forte o suficiente para que tudo seja posto de lado em prol do amor.

Os personagens são caricatos e muitas vezes apresentados de forma inusitada, quase acadêmica pela forma didática que acontece. Nada no filme é orgânico, tudo é muito milimetrado, muito artificial.

Constance Wu, a atriz principal, tem bastante carisma mas seu personagem é inconstante: de mulher independente a noiva frágil em um piscar de olhos. Sem um traço definido de personalidade, o conflito entre a sua formação liberal e as exigências tradicionais da família de Nick parecem vazios. Mesmo assim a atuação de Wu é marcante e decisiva para o filme.

Henry Golding, não tem muita experiência como ator de cinema e isso é evidente. Sua atuação é artificial. Nico Santos é o melhor ator coadjuvante do filme e o único relevante

Soundtrack: some new takes on old classics. Some jazz, some pop music from the 80’s.

Veredito.

MV5BNjk2YTZiNWQtOTdlNS00OWJiLTkxZjUtMjA0NWNkODExOWUzXkEyXkFqcGdeQXVyODQzNTE3ODc@._V1_

CRazy Rich Asians is the best comedy out there that you don’t need to see. The movie is great, don’t let this initial remark fool you. But when the movie ends and you are waiting your turn to leave the theater you will notice a lack of a awe and a mix feeling about a romantic comedy that does not makes you laugh, cry or even care about the romantic duo.

The movie feels artificial. The drama is somewhat anachronic especially when it comes to affect the female lead role.

But what is great about this movie. Well, the movie does an amazing job showing how multicultural Asia is. The conflict between tradition and modern, more western-like, costumes, although a commom place, in this case helps the story a lot by showing how prejudice is built in some people as a feature not the bug. It also shows how a strong woman can suffer when fighthing to break the mold society imposes.

The characters are very multicultural, from a gay cousin to a disfunctional but caring friend. The drama is also relatable because it deals with common issues like divorce, parental abuse, gold digging attitudes and a lot of materialism as a way to scape a meaningless life.

By the end of the movie you will have the impression you watch a movie with a familiar cast; not asians or asian-americans actors, just familiar actors. And that is why the movie fails…..because it turns out to by just a avarege movie with a asian flavor.

Podres de rico é uma boa comédia mas você não precisa correr para ver este filme. MAs não se deixe abater pelo comentário inicial, apesar do roteiro sem imaginação, que resulta em uma comédia romântica sem muita graça ou romantismo, a forma como o filme foi produzido e a direção consistente, aliada a boas atuações entregam um produto carismático, visualmente impressionante mas pouco memorável.

Quem aprecia comédias romanticas vai gostar bastante do filme. Que estiver procurando somente uma diversão tambem não se arrependerá mas se você procura um filme que se destaque ficará decepcionado.

Merece 3 Clapping Kanes.

slow_clap_citizen_kane slow_clap_citizen_kane slow_clap_citizen_kane

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s