Crítica: A Freira. (The Nun)

The story so far: A priest with experience with demon possession and a novice with connections to a powerful archbishop join forces to uncover the misteries of an ancient abbey in Romania just after world war II.

Sinopse

Um padre com experiência em combater possessões demoníacas e uma noviça conectada a um poderoso arcebispo juntam forças para descobrir o que esta acontecendo em uma abadia na Romênia.

MV5BMjQwNDI2MTE0M15BMl5BanBnXkFtZTgwNDA5NzgxNjM@._V1_SY1000_CR0,0,1715,1000_AL_
A spirit ? A demon? The Nun is one of the most terrifying monster of the new generation. Will she outlive the franchise and create a movie sequel for her?

Crítica.

A Freira\The Nun é um spin off -um filme derivado- de Invocação do Mal (The Conjuring) uma franquia estabelecida em 2013 sobre um casal especializado em combater forças demoníacas.

Os dois filmes da série construíram uma mitologia própria, não necessariamente inédita, mas sólida o suficiente para gerar outras franquias independentes: Anabelle e a Freira. O primeiro conseguiu um sucesso moderado com dois filmes que agradaram o público, houve planejamento e as sementes para os filmes da boneca demoníaca foram plantadas com inteligência e cultivadas cuidadosamente.

A Freira não tem o mesmo cuidado criativo, o roteiro, apesar de cultivar todos os clichês conhecidos de filmes de terror, é bem ágil e permite que o filme se torne interessante pelo ritmo que impõem a narrativa.

MV5BMzQ1NDg5NTcxMl5BMl5BanBnXkFtZTgwMTk4NzgxNjM@._V1_SX1777_CR0,0,1777,999_AL_
One way to battle the Nun is a constant state of vigilance.

Corin Hardy, o diretor do filme, tem larga experiência com curtas de terror e seu senso estético, marcante em suas produções merece ser elogiado. Um dos motivos de seus filmes terem grande apelo visula reside no fato de Hardy ser um ilustrador e escultar de longa e renomada carreira.

The Hallow, seu primeiro filme, influencia imensamente a forma como A Freira foi filmado. The Hallow conta a história de uma família presa em uma casa cercada por espíritos malignos; em a Freira, os protagonistas do filme se veem presos em uma abadia isolada da civilização.

As semelhanças se estendem para a dinâmica dos protagonistas, para a forma como ele utiliza a floresta para prender os personagens e isola-los do mundo e a paleta de cores, que transita entre o azulado (para aumentar a sensação de frio e isolamento) e o avermelhado (para destacar os momentos de maior conflito). Existe um bom contraste entre o claro\escuro no filme que tambem permite criar uma atmosfera macabra sem escurecer demais as cenas.

MV5BMTgxODc1ODQzNF5BMl5BanBnXkFtZTgwNjk4NzgxNjM@._V1_SY1000_CR0,0,1498,1000_AL_
The novice: will she survive? A novice do not have all the experience a full pledge nun but does she have the faith to keep fighthing?

O roteiro é o ponto fraco do filme. Gary Dauberman e James Wan, responsáveis pelo roteiro e história, apesar de familiarizados com a franquia-ambos trabalharam em Invocação do Mal e Anabelle- não tinham o mesmo material para elaborar uma história marcante.

Os personagens principais parecem genéricos, suas histórias não são interessantes e por vezes não passam de detalhes quando deveriam ser melhor trabalhadas. O filme tenta contar tres histórias paralelas mas não separa tempo suficiente para desenvolver nenhuma delas, o que parece estranhamente proposital (quem sabe para criar um outro derivado).

A história central não consegue despertar interesse suficiente. Somente graças a direção de Hardy que o filme se torna interessante, sua agilidade permite que os defeitos do roteiro se tornarem menos visíveis. Os clichês são explorados de forma inteligente o que tornam os sustos, mesmo os mais previsíveis, agradáveis.

Os efeitos especiais não são chamativos mas funcionam.Os protagonistas são personagens estereotipados, de uma maneira ou de outra voce ja os viu em outros filmes: o padre amargurado e perseguido pelo passado, a noviça fervorosa e o alivio cômico que garante as melhores cenas e diálogos do filme.

 

Soundtrack: the soundtrack helps the movie a lot. The sinister music keeps the movie at a tense stage most of the time.

Veredito.

MV5BMjEwMDE1NzI3M15BMl5BanBnXkFtZTgwNjg2NjExNjM@._V1_

The nun is not a movie well writen. The problem is that the main monster is already linked to a broader franchise and even if you consider all the good things in the movie it lacks momentum, everything seems familiar and it is built from every single trick in the terror movie franchise and that makes the movie kind of preditable.
The movie will scares you every now and then but this is just another movie about a monster that does not have any appeal besides the change to make some people some money.
It is better than the last scary movie the FILMose write about but that’s not say much. The terror movies lacks something original, that’s why we are about to watch a new take at Halloween, because there is a hiatus when it comes to terror movies.
If you are under 20 you will enjoy the movie a lot because they will be fans of The Conjuring. If you really likes scary movies you will enjoy the way they tried to make something good but in the end it will be just another movie. Kids between 12 and 15 will have a blast.
A Feira não é um filme bem escrito. O principal problema é que o principal monstro já esta ligado a uma franquia de terror bem estabelecida que não precisa de esclarecimentos. O resultado é um filme sobre a origem de um monstro que não tem apelo, o mistério do personagem é mais interessante do que a história de sua origem, que se reduz a clichês.
O filme ate provoca sustos e é definitivamente melhor do que o último filme de terror que criticamos, contudo isso não significa muito.
Se você gosta de filmes de terror não vai ficar empolgado com esta produção. Se tiver entre 12 e 15 anos vai poder apreciar mais o suspense e a história.

Merece 2 Clapping Kanes.

slow_clap_citizen_kane slow_clap_citizen_kane

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s